Tradução Juramentada

home

Tradução Juramentada



A Tradução Juramentada, é realizada quando um documento oficial necessita ser traduzido com valor legal, ou seja é o serviço de tradução que confere fé pública a um documento original para outro idioma através da sua tradução ou versão através de um Tradutor Juramentado.

Os documentos mais solicitados são as procurações, certidões, diplomas, documentos pessoais, certificados, processos, dentre outros…

A tradução ou versão deve ser realizada somente através de um profissional qualificado, conhecido como Tradutor Público Juramentado – ou Tradutor Público e Intérprete Oficial (TPIC).

Os valores das Traduções Juramentadas variam de acordo com o tipo de documento, com o seu tamanho e o prazo para entrega, porém são determinados pela Tabela de Emolumentos homologada pela Junta Comercial do Estado em que será realizada. Na Tradução Juramentada, utiliza-se como padrão a lauda de 1.000 caracteres sem espaços (conforme o § 2.° da Deliberação Jucesp No. 005, de 10/11/2011)





Como se tonar um Tradutor Juramentado



Para tornar-se um Tradutor Juramentado é necessário ter cidadania brasileira, residir no Brasil e passar em concurso público da Junta Comercial de seu Estado e ser devidamente empossado. Os concursos ocorrem em longos intervalos de cerca de 10 e 20 anos, mas, apesar disso, o Tradutor Público não é um funcionário público nem tem que trabalhar gratuitamente para o governo. Não há curso preparatório para TPIC, apenas turmas ad-hoc quando o edital do concurso é lançado.


Como apenas os Tradutores Juramentados estão habilitados a executar a tradução pública, eles são necessários sempre que algum documento estrangeiro precisar ter valor legal no Brasil. Caso a tradução seja feita por outro tradutor que não seja devidamente empossado pela Junta Comercial, o documento traduzido não terá validade legal.


Como contratar o serviço



A melhor forma de contratar um Tradutor Juramentado é entrar em contato diretamente com a OverTimes que possui um time de profissionais extremamente qualificados para realizar todos os tipos de tradução.

No entanto, se em todo o Brasil não houver um Tradutor Público de determinado idioma, deve-se entrar em contato com o consulado ou embaixada que deverá nomear um tradutor “ad hoc”, ou seja, um tradutor com proficiência comprovada ainda que não seja devidamente concursado e empossado.